Diferente do que muitos pensam, não é difícil mudar o rumo de nosso estado. Com iniciativas simples e inteligentes, seremos capazes de gerar emprego e capacitação para os futuros trabalhadores de São Paulo. Basta tomar como exemplo o JEPOE – Jovens no Exercício do Programa de Orientação Estadual –, iniciativa que atenderá cerca de 4,5 mil cidadãos, entre 16 e 18 anos, em 16 cidades.

O governador Márcio França lançou, na última quinta-feira (5), esse programa que tem como objetivo o desenvolvimento pessoal e social de jovens em situação de vulnerabilidade, que oferecerá cursos de Formação Cidadã e de Qualificação Profissional, sem falar das atividades de interesse social junto à comunidade.

Diretamente ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o programa e é gerido pela Coordenadoria de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante, e, ao todo, serão quase 4,5 mil jovens atendidos que receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 500 por mês.

Todos terão direito a dois cursos de qualificação, sendo o Formação Cidadã com duração de um mês, de segunda a sexta-feira, enquanto os de Qualificação Profissional contarão com uma carga horária de 120 horas cada, quatro horas por dia, de segunda a sexta-feira, no contra turno das atividades de qualificação profissional.

Acredito veemente que iniciativas como essa, de investir em educação com capacitação, possibilitarão os melhores resultados para São Paulo, e, como consequência, teremos a formação de melhores profissionais.

Leia também  O autoritarismo e o fascismo frente à realidade brasileira de hoje

Para saber mais sobre a iniciativa, confira a matéria completa no site do Governo do Estado de São Paulo.