O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP) promoveu neste sábado, 16, um debate sobre autoritarismo e fascismo, tendo como base ilustrativa o filme alemão “A Onda”. O evento aconteceu no Campus de São Miguel Paulista e o pré-candidato a deputado estadual Emiliano Zapata contribuiu à discussão como convidado.

O convite foi feito pelo diretor do Instituto, Luiz Fernando Camargo , que convidou Zapata para mostrar como a arte, no caso cinema, pode refletir situações limites tendo a política como tema. Zapata, vale lembrar, é formado em Comunicação pela FAAP-SP e Cinema pela USC-Califórnia.

A Onda (no original, Die Welle) é um filme alemão de 2008 dirigido por Dennis Gansel. Nele, após os alunos questionarem a possibilidade do surgimento de uma ditadura na modernidade, um professor universitário realiza um experimento com a turma. Ao promover um novo sistema de organização para a turma,  pouco a pouco, os estudantes vão se consumindo por essa nova ideologia sem perceberem que se tratava dos ideais do fascismo.

Tendo o filme como base, Emiliano destacou para os alunos presentes como a democracia se torna frágil diante da imposição dos valores de um grupo dominante sobre os demais, sem levar em conta a pluralidade e os aspectos individuais de cada um.

Para conhecer mais sobre o filme e seus temas, ele pode ser visto na íntegra a seguir:

Em nosso site, você pode acompanhar discussões dos problemas sociais como Moradia, Educação e Empregabilidade. Visite e comente. Ajude-nos a construir soluções para o futuro de São Paulo e do Brasil.

Leia também  Educação como meio de transformação