A educação é parte fundamental de um conjunto de direitos sociais, que preza pelo valor de igualdade entre as pessoas. Mas, eu acredito em uma nova forma de educar, inovando o formato de ensino e de aprendizado. Então, como estruturar a educação de forma que ela seja contempladora, ou seja, multiplicadora, firme, massificadora e, ao mesmo tempo, igual para todo o tipo de ser humano e cidadão dignos de São Paulo, brasileiros e de todo o mundo, de forma realmente completa e sem diferenciar sua condição social?

Quantas vezes você já não se perguntou do por que você ou seu filho terem dificuldade de aprender uma matéria que outra pessoa tem tanta facilidade? Aposto que isso já ocorreu com você, na sua casa, ou com alguém que você conhece. Ou você acha que as pessoas aprendem e ensinam exatamente de uma única forma? Já notou que alguns professores ensinam de um jeito e outros, de forma totalmente diferente.

Pesquisadores de Harvard afirmam, e conseguem comprovar, que existem sete (7) tipos de inteligência e – por isso – precisamos entender como conhecer, introduzir e – de fato – aplicar esses formatos para transformá-los em habilidades.

De acordo com Howard Gardner, psicólogo e um dos autores desta fundamentação, existem ao todo sete tipos de inteligência e todas as pessoas têm um pouco das sete dentro de si. No entanto, cada pessoa tem um desses tipos mais desenvolvido e que se destaca sobre os outros. Você sabia disso? Sabe quais são esses sete tipos de inteligência existentes? Vou te apresentar agora.

Os sete tipos de inteligência existentes, e que quero adotar com a Educação contempladora, são: a Inteligência Linguística (facilidade de se expressar, tanto de forma oral quanto escrita), a Inteligência Lógica (habilidades em memória, matemática e lógica), a Inteligência Motora (talento em expressão corporal e facilidade com movimentos), a Inteligência Espacial (maior capacidade de criação), a Inteligência Musical (habilidades com sons, notas e instrumentos), a Inteligência Interpessoal (capacidades maiores relacionadas com responsabilidades) e a Inteligência Intrapessoal (facilidades com lideranças, entendimentos e desenvolvimento).

Que tal aproveitar e fazer o teste? No Guia da Carreira é possível obter um breve resultado, experimente: http://bit.ly/1e5K4Xc

Consegue identificar-se, apenas com esse breve post sobre o assunto?

Aposto que sim e aguardo seus comentários sobre o seu tipo de inteligência!