Não adianta só reclamar da enchente se não cuidamos da água. Não adianta só dizer que a conta de energia elétrica está mais cara, se não poupamos e economizamos usando a luz solar durante o dia.

É no conforto de cada lar e junto com sua família que a sustentabilidade começa e é possível. Um comportamento a favor do meio ambiente, com ações sustentáveis, só depende de você e não requer investimentos – na verdade é preciso apenas realizar alguns ajustes. Como?

Vou dividir minhas dicas pessoais com você:

– Reduza o tempo no banho: o desperdício de água é um problema sustentável muito sério, não só em São Paulo ou sudeste, mas em todo o país e em outras partes do mundo. Banhos longos além de gastarem muita água, ainda aumentam os gastos com energia elétrica.

– Recicle o lixo: é extremamente importante lembrar que muitos itens que são jogados como “lixo comum” podem ser aproveitados de maneira reciclada. Você sabe se em seu bairro há algum sistema de coleta seletiva? Em algumas regiões, esse tipo de caminhão passa uma vez por semana em dia alternado ao serviço de lixeiro comum – informe-se! Caso sua região ou condomínio não tenham essa opção, em São Paulo há diversos postos de coleta especiais funcionando para essa finalidade; um exemplo é a rede Pão de Açúcar. Não deixe de reciclar.

– Evite todo e qualquer desperdício: use as máquinas de lavar roupa e louça quando elas estiverem realmente cheias. Se for necessário ligá-las mesmo com a capacidade reduzida, escolha os modos de consomem menos energia. Além disso, não se esqueça de reaproveitar a água que sobrou pós-lavagem da roupa para lavar o quintal, dar descargas ao longo daquele dia e até para regar plantas. Não desperdice!

Essas são apenas algumas recomendações, mas tenho certeza que você pode colocar em prática hoje mesmo. Comece a mudança que só depende de você e, depois, enxergue os resultados que já estão ao seu redor graças a você mesmo!