Como você, leitor deste espaço, já deve saber sou filho de Dalcides Neto – articulador politico, cidadão extremamente consciente dos seus direitos e um dos líderes do Movimento pela Moradia; há mais de 30 anos ele age no segmento de mobilização, aliás. Mas, o que é o Movimento pela Moradia Leste II?

O Movimento pela Moradia na zona leste é – entre outras coisas – uma organização que luta pela melhoria das condições de vida e das minorias em nosso país e, neste caso, focado em São Paulo – especificamente na região leste.

Trata-se de uma organização de pessoas que lutam pela busca da realização de um sonho já conhecido por muitos: o direito de ter um lar, o direito à moradia (uma das causas que defendo e acredito). E, como participar, na verdade quem pode participar e quais os critérios para tentar conquistar uma moradia digna e com custos acessíveis?

Os interessados em solicitar inscrição de associação ao Movimento pela Moradia precisam:

– Possuir renda familiar mensal de até R$ 1.800,00;
– Estar cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais;

Além disso, não podem ser beneficiadas pessoas que:

– Já são proprietárias de imóvel urbano ou rural, mesmo que já tenha sido vendido;
– Tenham débitos não regularizados junto à Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil;
– Tenham restrição cadastral no SINAD e no CADIN.

Depois dessas verificações é necessário ainda preencher o formulário de adesão neste link e, depois do cadastro realizado, é só aguardar.

Uma vez aprovado pelo sistema, cada contemplado terá diversas responsabilidades – ao longo de todo o projeto da moradia aprovada – até o fim da construção e sorteio de cada apartamento de cada edifício do projeto na região leste.

Junto com a Associação Pastoral da Moradia Leste II, o Movimento tem o objetivo de atender a todos a eles se associam, de forma igualitária, transparente, desenvolvendo as atividades e serviços e – assim – ajudar cada interessado a colocar seu sonho em prática.

As oportunidades proporcionadas pelo Movimento pela Moradia, todos os projetos, reuniões, assembleias, encontros são alguns dos exemplos que renovam a esperança de um futuro e até presente melhores para todos os envolvidos nesse projeto que eu tanto acredito e apoio.

Ficou interessado em saber mais, associar-se e divulgar? Não deixe de entrar em contato http://movimentopelamoradia.com.br/contato-2/ e acredite!